Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Ignorado por Tite, Jonas é o goleador brasileiro da temporada; veja top 10

Rafael Reis

2021-05-20T18:09:20

21/05/2018 09h20

O artilheiro brasileiro na temporada 2017/18 do futebol europeu não veste a camisa da seleção há praticamente dois anos e foi ignorado por Tite na convocação para a Copa do Mundo-2018.

Aos 34 anos, Jonas, do Benfica (POR), fez mais gols nos últimos nove meses do que qualquer outro representante do futebol pentacampeão mundial que atua em alguma das dez principais ligas do Velho Continente (Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha, França, Rússia, Portugal, Ucrânia, Bélgica e Turquia, segundo os coeficientes da Uefa).

E isso inclui todos os homens de frente escalados para tentar dar o hexacampeonato mundial à seleção na Rússia: Neymar, Douglas Costa, Roberto Firmino, Gabriel Jesus e Taison.

Na soma de todas as competições que disputou ao longo da temporada, Jonas marcou 37 vezes em 41 partidas. Só no Campeonato Português, competição da qual se sagrou artilheiro, foram 34 bolas na rede.

Se a liga que disputa não tivesse um coeficiente de pontos menor (1,5, contra 2 de Espanhol, Italiano, Inglês, Alemão e Francês), o brasileiro teria empatado com o argentino Lionel Messi, do Barcelona, na primeira colocação da Chuteira de Ouro, prêmio concedido anualmente ao maior artilheiro dos Nacionais da Europa.

Apesar do bom momento, o ex-jogador de Santos e Grêmio jamais foi convocado por Tite. Sua última aparição na seleção foi a Copa América Centenário de 2016, que marcou a despedida do técnico Dunga e a troca do comando no Brasil.

Mesmo tendo perdido os dois meses e meio da temporada devido a uma contusão no pé, Neymar foi o brasileiro quem mais se aproximou da marca de Jonas em 2017/18.

O reforço mais caro da história do futebol mundial marcou 28 vezes em seu primeiro ano pelo Paris Saint-Germain, um a mais que Roberto Firmino, do Liverpool, que ainda pode ultrapassá-lo caso balance as redes na final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, neste sábado.

Além de Neymar e Firmino, outros dois convocados para a Copa aparecem no top 10 da artilharia nacional na temporada. Philippe Coutinho, que começou 2017/18 no Liverpool e depois migrou para o Barcelona, é o quarto colocado, com 22 gols, e Gabriel Jesus, do City, o oitavo, com 18.

Apenas dois nomes da lista jamais foram lembrados pela seleção: o meia-atacante Raphinha, ex-Avaí, que marcou 18 gols pelo Vitória de Guimarães, e Fabrício, centroavante com passagem pelo Botafogo e que defende o Portimonense, autor de 16 tentos na temporada.

ARTILHEIROS BRASILEIROS NA EUROPA:

1º – Jonas (Benfica) – 37 gols
2º – Neymar (Paris Saint-Germain) – 28
3º – Roberto Firmino (Liverpool) – 27
4º – Philippe Coutinho (Liverpool/Barcelona) – 22
5º – Anderson Talisca (Besiktas) – 20
Willian José (Real Sociedad) – 20
7º – Raphinha (Vitória de Guimarães) – 18
8º – Gabriel Jesus (Manchester City) – 17
9º – Fabrício (Portimonense) – 16
10º – Giuliano (Fenerbahce) – 15
Luiz Adriano (Spartak Moscou) – 15
Vágner Love (Alanyaspor/Besiktas) – 15


Mais de Balanço da Temporada

Dupla do Real está entre os mais indisciplinados da temporada; veja top 10
Nenhum jogador produziu mais gols que Messi na temporada; veja top 10
Finalista da Liga Europa é maior "garçom" da temporada; veja o top 10
Salah bem que tentou, mas Chuteira de Ouro irá pela 5ª vez para Messi
Dortmund é campeão de público da Europa; Barça despenca sem Neymar

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis