Blog do Rafael Reis

Por que algumas seleções ainda não divulgaram suas convocações para Copa?

Rafael Reis

O Brasil já sabe quem serão os 23 jogadores que Tite irá levar para a Copa do Mundo. Argentina, Alemanha, Portugal e boa parte das outras seleções que vão à Rússia-2018 também já tornaram públicas ao menos suas listas de pré-convocados.

Enquanto isso, várias equipes do primeiro escalão do futebol mundial e candidatas ao cobiçado troféu da Fifa, como França, Espanha e Bélgica, ainda fazem mistério sobre a formação dos seus elencos.

Mas isso pode? Todas as 32 seleções participantes da Copa-2018 não tinham obrigatoriamente que divulgar suas convocações até o início desta semana?

Não, essa não era a regra. Na verdade, todas as equipes precisavam enviar (e enviaram) à Fifa até a última segunda-feira uma relação com 35 nomes pré-inscritos na Copa. Os 23 escolhidos só serão confirmados no dia 4 de junho.

Essas são as duas únicas exigências e prazos que as seleções precisam cumprir. A divulgação dos convocados à imprensa e torcedores é uma decisão que cabe exclusivamente às federações de cada país.

A maior parte das seleções resolveu tornar públicas as convocações (ou as listas com até 35 jogadores) no mesmo dia em que foram enviadas à Fifa. Mas outras decidiram esperar um pouco mais por diferentes razões.

No caso da França, o técnico Didier Deschamps resolveu adiar a convocação para quinta-feira (17) para não atrapalhar a concentração dos jogadores de Olympique de Marselha e Atlético de Madri, que decidem nesta quarta a Liga Europa.

Vários atletas envolvidos na final podem ser chamados pelo treinador francês, casos de Steve Mandanda, Adil Rami, Jordan Amavi, Florian Thauvin e Dimitri Payet (Olympique) e Antoine Griezmann e Lucas Hernández (Atlético).

Já a Espanha, campeã em 2010 e um dos destaques das eliminatórias europeias, vai esperar o encerramento do seu campeonato nacional, no domingo, para anunciar os nomes que vão participar da fase de preparação para a Copa.

Assim, a convocação do técnico Julen Lopetegui será realizada apenas na próxima segunda (21), em um evento na sede de uma das principais patrocinadoras da seleção.

O torcedor da Bélgica também vai ter de esperar a virada da semana para conhecer a convocação de sua equipe.

Como o técnico Roberto Martínez optou por revelar os 23 nomes que vão à Copa (e não uma lista preliminar, sujeita a cortes), a federação local decidiu esperar o encerramento das ligas e copas nacionais dos países onde atuam seus jogadores para diminuir os riscos de anunciar um convocado e ter de cortá-lo por lesão poucos dias depois.

No caso da Inglaterra, a espera não será tão longa assim. A promessa do treinador Gareth Southgate é revelar nesta quarta a lista final de atletas que vão ao Mundial.

A relação só não saiu antes, já na segunda, quando a pré-convocação foi enviada à Fifa, porque o técnico queria ter uma noção melhor da situação médicas de atletas que eventualmente tivessem algum problema físico na rodada final da Premier League, disputada no último fim de semana.


Mais de Seleções:

– Dor de cabeça de Tite, lateral direita é problema global na Copa-2018
– Final da Champions mostra força de país 154º colocado no ranking da Fifa
– 4 seleções que saem em alta dos amistosos de março, e 3 que temem pela Copa
– Adversária do Brasil, Alemanha só teve 10 técnicos em toda sua história