Blog do Rafael Reis

7 brasileiros (ou quase) desempregados no exterior para reforçar seu time

Rafael Reis

Os campeonatos estaduais já começaram. Mas isso não significa que os elencos dos clubes brasileiros para a atual temporada estejam fechados.

Como times mais endinheirados, como Flamengo e Palmeiras, aos menos abastados, todo mundo ainda está de olho no Mercado da Bola em busca de opções para reforçar seus grupos de jogadores para 2018.

E há muita gente conhecida na fila dos desempregados, em busca de uma oportunidade para jogar futebol profissionalmente neste ano.

Listamos abaixo sete jogadores brasileiros (ou com passagem pelo futebol pentacampeão mundial) que estavam no exterior, mas que ficaram sem contrato por lá e poderiam reforçar algum time daqui nesta temporada.

RALF
Volante
33 anos
Brasileiro
Último clube: Beijing Guoan (CHN)

O volante, que conquistou dois títulos brasileiros pelo Corinthians e chegou a disputar oito jogos pela seleção, passou as duas últimas temporadas no futebol chinês e, como não teve seu contrato com o Beijong Guoan renovado, está livre no mercado. Desde o fim do ano passado, quando soube que deixaria a equipe asiática, Ralf já teve seu nome especulado no Corinthians, no Palmeiras e no Atlético-MG. No entanto, até agora não assinou com ninguém.

JONATHAN CRISTALDO
Atacante
28 anos
Argentino
Último clube: Vélez Sarsfield (ARG)

Muito querido pela torcida palmeirense pelos dois anos em que vestiu a camisa verde, o carismático e esforçado atacante argentino passou o último semestre sentado no banco de reservas do Vélez Sarsfield, clube que o revelou. Depois de rescindir seu contrato na Argentina, Cristaldo pode aparecer mais uma vez no futebol brasileiro em 2018, já que está em um “namoro” com o Bahia.

GUILHERME SIQUEIRA
Lateral esquerdo
31 anos
Brasileiro
Último clube: Atlético de Madri (ESP)

Pouco conhecido no Brasil, de onde saiu quando tinha apenas 19 anos, o lateral construiu uma carreira sólida na Europa e vestiu as camisas de Benfica, Valencia e Atlético de Madri, entre outros. Fora dos planos do técnico Diego Simeone nesta temporada, Guilherme teve o contrato rescindido no final de setembro e ainda busca um novo clube para defender. Ao longo dos últimos meses, seu nome foi especulado no Corinthians e também na Roma.

EGIDIO ARÉVALO RÍOS
Volante
36 anos
Uruguaio
Último clube: Racing (ARG)

Jogador com participação em duas Copas do Mundo (2010 e 2014), o volante uruguaio que defendeu o Botafogo em 2011 precisa arranjar um novo clube para jogar bem neste semestre e se garantir no Mundial da Rússia. Experiente e um marcador incansável, Arévaldo Ríos não deu certo no Racing, mas tem mercado farto na América do Sul. O jogador tem sido especulado no Colo-Colo (CHI) e também no futebol colombiano.

LIMA
Atacante
34 anos
Brasileiro
Último clube: Al-Ahli (EAU)

Assim como Guilherme Siqueira, o atacante é mais conhecido no exterior do que dentro do Brasil. Apesar de ter passado a maior parte da carreira atuando em clubes pequenos do futebol nacional e ter tido até uma experiência no Santos, Lima só estourou mesmo em Portugal. O veterano marcou 86 gols em 177 partidas do Campeonato Português por Belenenses, Benfica e Braga. Quem sabe não tenha chegado o momento de deixar sua marca também no Brasil?

BRAIAN RODRÍGUEZ
Atacante
31 anos
Uruguaio
Último clube: Pachuca (MEX)

Apesar de não ter feito muito sucesso no Grêmio, clube que defendeu entre 2015 e 2016, o grandalhão centroavante uruguaio até que construiu uma carreira bem bacana. No Huachipato, do Chile, foi artilheiro e campeão nacional. No Pachuca, último time que defendeu, foi ainda mais longe e conquistou a Liga dos Campeões da Concacaf, a Concachampions. Braian Rodríguez também passou pela Espanha, onde defendeu Betis e Numancia.

VICTOR RAMOS
Zagueiro
28 anos
Brasileiro
Último clube: Meizhou Techand (CHN)

A passagem pela segunda divisão chinesa do zagueiro que disputou o último Campeonato Brasileiro pela Chapecoense foi relâmpago. Victor Ramos acertou a transferência para o Meizhou Techand no início do ano e, 18 dias depois, rompeu com a equipe asiática alegando divergências financeiras. De volta ao mercado, o ex-zagueiro do Palmeiras pode voltar para o Vitória, seu primeiro clube como profissional.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Ex-Sevilla, Mariano não tem ostracismo na Turquia e ainda sonha com Copa
– Olho neles: 5 brasileiros que jogam por seleções de base de outros países
– Lembrado por briga, zagueiro fala em volta ao Palmeiras para fazer justiça
– Em 6 meses, jogadores brasileiros movimentam R$ 3,5 bi no Mercado da Bola