Blog do Rafael Reis

1º brasileiro campeão da Copa vestia azul e era filho de presidente da Lusa

Rafael Reis

A seleção brasileira só conquistou o primeiro dos cinco títulos mundiais de sua história em 1958, na Suécia. Só que 24 anos antes, um jogador nascido e criado em São Paulo teve a honra de levantar a Copa do Mundo.

Anfilogino Guarisi Marques, ou simplesmente Filó, foi o primeiro brasileiro a faturar o título mais importante do futebol mundial. O atacante foi um dos integrantes da “legião estrangeira” que ajudou a Itália a ganhar a Copa-1934.

Além do paulistano, a Azzurra utilizou naquela oportunidade atletas nascidos na França (Felice Borel), na Argentina (Attilio Demaría, Luis Monti, Raimundo Orsi e Enrique Guaita) e no atual território da Croácia (Mario Varglien).

Filó pôde vestir a tradicional camisa azul e assim se tornar campeão mundial graças à sua mãe, uma imigrante italiana que deixou a Europa para se radicar no Brasil. Mas foi seu pai quem o inseriu no mundo da bola.

O ponta direita era filho de Manuel Augusto Marques, o segundo presidente da história da Portuguesa de Desportos. Como não poderia ser diferente, foi no clube do Canindé que o futuro jogador da Itália começou a carreira.

Filó jogou por dois anos na Portuguesa antes de se transferir para o Paulistano, onde atuaria ao lado de Arthur Friedenreich, o primeiro grande craque do futebol brasileiro. Em 1929, transferiu-se para o Corinthians, seu último time antes de começar a trajetória que o levaria à Copa-1934.

O jogador poderia até disputado a competição quatro anos antes, em 1930, pela sua terra natal. Mas o boicote dos clubes paulistas à convocação impediu o ponta de participar da primeira edição do Mundial e fez com que sua história na seleção brasileira se resumisse a quatro partidas jogadas em 1925.

Um ano depois da Copa-1930, Filó recebeu um convite que parecia irrecusável: trocar o futebol brasileiro, que ainda dava seus primeiros passos rumo ao profissionalismo, pela poderosa Lazio, nada menos que o clube para o qual torcia o então primeiro-ministro da Itália, Benito Mussolini.

Filó fez tanto sucesso em Roma que acabou convocado para reforçar a seleção italiana no Mundial que o país recebeu em 1934. O brasileiro, chamado pelo sobrenome Guarisi por lá, participou de apenas uma partida, a goleada por 7 a 1 sobre os EUA.

Mas mesmo que não tivesse pisado em campo, a simples convocação para jogar pela Itália na Copa-1934 já lhe renderia um posto histórico: o de primeiro jogador brasileiro a conquistar um título mundial de futebol.

O atacante permaneceu na Lazio até 1937, quando aceitou uma proposta para retornar ao Corinthians. Depois, ainda foi para o arquirrival Palestra Itália (hoje Palmeiras), onde pendurou as chuteiras, em 1940.

Filó viveu até os 68 anos e viu o Brasil conquistar seus três primeiros títulos mundiais (1958, 1962 e 1970). Ele morreu em 8 de junho de 1974, cinco dias antes da Copa na Alemanha.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– 7 brasileiros que estão no banco na Europa para seu time repatriar em 2018
– ''Rei do Passe'': Conheça o meia que Tite está prestes a perder para a Itália
– Firmino elogia ''rival'' Gabriel Jesus e ainda não se vê na Copa-2018
– Artilheiro em Portugal, Jonas supera até Neymar e iguala recorde de Eusébio