Blog do Rafael Reis

5 jogadores acusados de crimes sexuais contra menores de idade

Rafael Reis

Não são poucos os jogadores de futebol que já foram acusados de algum tipo de crime sexual. Acusações de assédio, abuso e até mesmo estupro mancharam carreiras consolidadas e até levaram alguns atletas para a prisão.

E esses crimes não foram todos praticados contra pessoas adultas. Alguns jogadores enfrentaram acusações de terem praticado atos indevidos com menores de idade, adolescentes e até mesmo crianças.

Relembre abaixo cinco nomes do mundo do futebol que já foram acusados em algum momento de terem praticado crimes sexuais contra menores:

ADAM JOHNSON
Inglaterra

O ex-meia do Manchester City e da seleção inglesa está preso desde o ano passado por ter tido atividades sexuais impróprias com uma menor de idade. O jogador foi condenado a seis anos de detenção por ter tido relações sexuais dentro de um automóvel com uma garota de 15 anos, torcedora do Sunderland, clube que ele defendia na época. Adam Johnson sempre negou as acusações e disse que apenas a beijou. Em julho, o meia pediu para ser transferido de prisão porque estava recebendo ameaças de morte.

FABIO QUAGLIARELLA
Itália

Atacante da seleção italiana na Copa-2010, o jogador da Sampdoria não chegou a ter problemas com a Justiça, mas sim com um policial de Nápoles que passou anos tentando extorqui-lo. Através de cartas endereçadas ao presidente do Napoli, clube que defendia na época, Quagliarella foi acusado por esse policial de pedofilia e de ligações com a Gamorra, a máfia napolitana. Para escapar da extorsão, o atacante pediu para ser negociado e se transferiu em 2010 para a Juventus. Recentemente, Raffaele Piccolo, o policial que passou anos atormentado o jogador, foi condenado à prisão, e a história veio à tona.

JOBSON
Brasil

Suspenso do futebol até março de 2018 por ter se recusado a fazer um exame antidoping quando jogava na Arábia Saudita, o polêmico atacante responde desde o ano passado uma acusação de estupro de vulnerável (relação sexual com menor de 14 anos que, de acordo com a lei brasileira, não tem discernimento necessário para decidir pela prática). O jogador chegou a ficar 70 dias preso no Tocantins e atualmente está sendo monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica.

KARIM BENZEMA
França

Antes mesmo do caso de extorsão contra o meia Mathieu Valbuena, que provocou a interrupção de sua carreira na seleção francesa, o centroavante do Real Madrid já havia tido problemas com a Justiça em virtude de um escândalo sexual. Em 2010, Benzema foi acusado de ter tido relações sexuais com uma garota de programa chamada Zahia Dehar, que tinha apenas 16 anos na época. O jogador negou ter contratado os serviços da acompanhante. E acabou absolvido em 2014 pela Corte Criminal de Paris.

FRANCK RIBÉRY
França

Ex-companheiro de Benzema na seleção francesa, o jogador do Bayern de Munique também esteve envolvido no caso “Zahia Dehar”. Ao contrário do centroavante, porém, Ribéry admitiu ter tido relações com a garota de programa. No entanto, alegou que não sabia que ela era menor de idade e que, portanto, não estava cometendo um crime. A Justiça francesa aceitou sua argumentação de defesa e acabou o absolvendo.


Mais de Cidadãos do Mundo

Lembra do Osio? 6 jogadores europeus que atuaram no futebol brasileiro
Tem até ex-Barça: 7 atletas acusados de envolvimento com tráfico de drogas
Parceria com Neymar funciona, e Cavani faz gols como nunca na carreira
Demolidor de brasileiros, ameaça ao Santos acumula gols, brigas e confusões