Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Time vencedor da Champions perde direito de usar o próprio nome

Rafael Reis

22/12/2016 12h31

Como se chama o time que venceu a Liga dos Campeões da Europa na temporada 1985/86, em uma final dramática contra o favorito Barcelona que só foi decidida na disputa de pênaltis?

Até a tarde da última quarta-feira, essa pergunta era fácil de ser respondida. Bastava uma busca na memória (ou no Google) para se chegar ao Steaua Bucareste, a primeira equipe da Europa Oriental a conquistar o título interclubes mais importante do continente.

Steaua

Mas tudo mudou depois de uma decisão judicial romena, que tirou de Gigi Becali, polêmico magnata dono do clube, o direito de usar o nome Steaua Bucareste.

De acordo com a Justiça, a marca pertence e é de uso exclusivo do Exército da Romênia, que pretende usá-la em uma nova equipe que irá disputar a quarta divisão nacional.

A polêmica está ligada ao processo de democratização do país. Fundado em 1947, o Steaua foi comandado pelo Exército durante todo o período em que a Romênia foi uma república socialista.

Mas em 1998, o departamento de futebol se desligou das Forças Armadas e seguiu sua vida de forma independente e privada. Foi esse clube que Becali assumiu o comando em 2002.

"Vou apelar dessa decisão para a Suprema Corte. Os torcedores podem ficar tranquilos por mais um ano. Continuaremos usando nosso nome", afirmou o político e empresário, mesmo sabendo que está proibido neste momento de usar a marca.

Caso seja derrotado pelo Exército também na última instância, Becali já tem um plano B. Seu time passará a se chamar Football Sports Club Becali, ou FSCB, como parte da torcida já tem se referido à agremiação.

"Os torcedores continuarão conosco. Eles dirão que tudo isso é uma grande injustiça e vão me seguir", disse.

O Steaua Bucareste é o time de futebol mais vitorioso da história do seu país. Além da histórica Liga dos Campeões (chamada na época de Copa Europeia), ganhou também uma Supercopa da Uefa, 26 títulos da liga nacional e 22 Copas da Romênia.

Na atual temporada, disputou a Liga Europa, mas não conseguiu passar da fase de grupos. A equipe romena ficou na terceira colocação em uma chave que tinha Osmanilispor (Turquia), Villarreal (Espanha) e Zurique (Suíça).


Mais de Clubes

– Como um time com 23% das receitas do Palmeiras virou o "rei" da América
– Debandada e crises de Cosmos e time de Ronaldo põem em risco liga dos EUA
– Ingresso caro gera atrito com Real Madrid e ameaça lotação de clássico
– Salário de trio do Barcelona é maior que folha de 16 times do Espanhol

 

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis