Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Torcedores: Gabriel já matou aula e "fugiu de casa" para ver o Barcelona

Rafael Reis

2017-04-20T16:06:30

17/04/2016 06h30

O cearense Gabriel Lima tinha apenas 11 anos quando precisou "fugir de casa" para assistir à vitória do Barcelona sobre o Chelsea na semifinal da Liga dos Campeões da Europa de 2008/09.

Torcedor do clube catalão desde criança, ele teve de escapar dos olhares do irmão mais velho para chegar à casa do seu amigo e poder ver em paz o jogo que colocou o histórico time dirigido por Guardiola em sua primeira decisão europeia.

"Meu irmão estava em casa cuidando de mim e não me deixava sair. Tive que escapar escondido e fui para casa de um amigo assistir à partida. Fiquei de castigo umas duas semanas depois dessa."

Gabriel Lima

Mas Gabriel nem se importou com a pena. O gol de Iniesta, marcado aos 48 min do segundo tempo, que decretou o empate por 1 a 1 com o Chelsea e classificou o Barcelona, fez o esforço e o castigo valerem a pena.

Apesar do incidente de 2009, o estudante, que hoje vive em Cruzeiro do Sul, no Acre, não pode reclamar de falta de apoio de sua família para se tornar torcedor do Barça.

"Em 2006, a final da Liga dos Campeões ainda era durante a semana, à tarde, mesmo período em que eu estudava. Então, pedi liberação do meu pai para falar à escola e ver o jogo", conta Gabriel, que tinha só oito anos na época.

"E meu pai deixou. É porque eu era bom aluno e ele sabia que eu gostava muito da Liga dos Campeões. A gente sempre subia no telhado e mexia na antena da TV para fazer a Band pegar melhor e podermos assistir."

Gabriel considera a vitória sobre o Arsenal na decisão europeia como um jogo essencial para transformá-lo em torcedor do Barcelona.

"Era o time do Ronaldinho e eu gostava demais deles. Ainda não era torcedor, mas admirador. Com o tempo, comecei a acompanhar melhor, buscar informações. Hoje, leio diariamente o Sport e o Mundo Deportivo, os principais jornais esportivos da Catalunha."

Sua obsessão pelo Barcelona hoje é tão grande que já rivaliza com sua primeira torcida, aquela que veio de berço, pelo Fortaleza.

"A minha relação com o Fortaleza é muito forte, mas hoje tem a distância, e os times pequenos não têm tanta visibilidade quando você mora longe deles. Até por isso, hoje eu vejo mais jogos do Barcelona. Acho que sempre terei mais carinho pelo Fortaleza, mas acompanho mais o Barça."


A seção "Torcedores" é publicada semanalmente e traz histórias de brasileiros que torcem para clubes de outros países. Se você é apaixonado por um time estrangeiro e quer ter seu caso publicado, escreva para rafaelmdosreis@gmail.com

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis