Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Sem TV: Para ver o Chinesão no Brasil, só com internet e pirataria

Rafael Reis

2003-03-20T16:14:00

03/03/2016 14h00

Se um brasileiro quisesse assistir às partidas do Campeonato Chinês, ele teria de apelar para a pirataria.

Apesar de todo interesse provocado pela enxurrada de contratações de jogadores conhecidos realizadas no início do ano, a liga nacional mais rica da Ásia, com início nesta sexta-feira, ainda não consta na grade de programação de nenhuma emissora do Brasil.

No entanto, essa situação pode ser passageira. Pelo menos dois canais, a ESPN e o Esporte Interativo, avaliam a possibilidade de adquirir os direitos de transmissão do torneio.

"Estamos sempre atentos às movimentações do mercado, inclusive ao crescimento do interesse pelo futebol chinês, no entanto não há nada definido em relação às transmissões do Campeonato Chinês nos canais ESPN", informou em nota a emissora de TV por assinatura.

Alex Teixeira

O interesse da ESPN é relativamente antigo. A emissora procurou os detentores dos direitos globais da competição ainda no ano passado para conversar sobre a possibilidade de trazer a liga chinesa para a TV brasileira.

Já o Esporte Interativo disse apenas que está "estudando possibilidades" quando questionado sobre a possibilidade de exibir as partidas do Chinês.

Sendo assim, pelo menos por enquanto, a única forma de assistir aos jogos da competição seria apelar para o jeitinho brasileiro e encontrar links na internet de emissoras chinesas que fazem a transmissão.

O interesse pelo Campeonato Chinês cresceu demais na última janela de transferências, quando os clubes da primeira divisão gastaram 398 milhões de euros (quase R$ 1,7 bilhão) em contratações.

Entre os principais reforços da nova temporada chinesa estão os brasileiros Renato Augusto, Ralf, Alex Teixeira e Ramires, o colombiano Jackson Martínez (ex-Atlético de Madri), o marfinense Gervinho (ex-Roma) e o argentino Ezequiel Lavezzi (ex-PSG).

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis