Blog do Rafael Reis

Arquivo : tolima

Por onde andam os jogadores do Tolima, algoz do Corinthians em 2011?
Comentários Comente

Rafael Reis

2 de fevereiro de 2011. Os torcedores do Corinthians (e principalmente os dos seus arquirrivais) não se esquecem desta data.

Foi nesse dia que um elenco com Ronaldo, Roberto Carlos e Paulinho, comandado no banco de reservas por Tite, atual técnico da seleção brasileira, foi derrotado por 2 a 0 pelo Tolima, na Colômbia, e não se classificou para a fase de grupos da Libertadores.

Um vexame histórico, já que nenhum outro time brasileiro, nem antes e muito menos depois do Corinthians, conseguiu ser eliminado ainda na fase preliminar da principal competição interclubes da América do Sul.

Mas, seis anos depois do resultado histórico, por onde andam os jogadores daquele pequeno clube da cidade de Ibagué. Mostramos abaixo os paradeiros dos atletas que eliminaram o Corinthians da Libertadores-2011.

POR ONDE ANDA – TOLIMA DE 2011?

Antony Silva (33 anos) – O goleiro paraguaio, que chegou a jogar no Marília em 2009, permaneceu no Tolima até 2014. Desde o ano passado, é o titular da meta do Cerro Porteño (PAR). Antony Silva é um dos arqueiros que vêm sendo convocado por Arce para os jogos da seleção nas eliminatórias da Copa do Mundo-2018.

Yair Arrechea (36 anos) – O experiente zagueiro defendeu as cores do Tolima por oito anos e disputou 169 partidas pelo clube de Ibagué. Em 2014, transferiu-se para o Independiente Santa Fé, clube pelo qual foi campeão colombiano naquele ano. Em janeiro, mudou de time mais uma vez e agora defende o Cortuluá.

Julián Hurtado (37 anos) – O zagueiro de 1,93 m rodou por alguns clubes colombianos e chegou a se aventurar na Venezuela depois de deixar o Tolima. O último time que defendeu foi o La Equidad, 14º colocado na última edição do Campeonato Colombiano.

Félix Noguera (29 anos) – Um dos jogadores mais jovens do Tolima que desbancou o Corinthians, o lateral esquerdo permaneceu no clube até 2015, quando foi contratado pelo Junior de Barranquilla. Noguera disputaria a Libertadores-2017, mas a equipe colombiana foi eliminada pelo Atlético Tucumán na fase preliminar.

Gerardo Vallejo (40 anos) – Ex-capitão do Tolima e lateral direito com 20 partidas pela seleção colombiana, abandonou o futebol profissional em 2014.

Jhon Freddy Hurtado (31 anos) – Famoso pelo apreço pelas canelas alheias, o volante seguiu um rumo bastante alternativo para a carreira. Em 2015, após deixar o Deportivo Pasto, rumou à Guatemala para vestir a camisa do Deportivo Malacateco.

Gustavo Bolívar (31 anos) – O meia, que chegou a defender a seleção colombiana no segundo semestre de 2011, virou um peregrino da bola desde que deixou o Tolima. Foram seis clubes diferentes, incluindo um da Arábia Saudita, nos últimos cinco anos. Atualmente, joga no Alianza Petrolera.

Rafael Castillo (36 anos) – Após deixar o Tolima e rodar por clubes pequenos da Colômbia, mudou-se para os Estados Unidos três anos atrás. Inicialmente, jogou no San Antonio Scorpions, time da NASL, a segunda liga mais importante do Soccer. No ano passado, transferiu-se para o San Antonio FC, da USL, a “terceira divisão” norte-americana.

Diego Chará (30 anos) – Outro ex-jogador do Tolima que hoje joga no futebol dos Estados Unidos. Mas enquanto Castillo milita nas ligas inferiores da América, Chará é há quase seis anos um nome importante do meio-campo do Portland Timbers, campeão da Major League Soccer em 2015.

Elkin Murillo (39 anos) – Foi o primeiro dos jogadores que eliminaram o Corinthians a se aposentar. O meia encerrou a carreira em 2013, dois anos após o triunfo do Tolima, quando chegou ao fim seu contrato com o Cortuluá.

Wilder Medina (36 anos) – Herói da classificação do Tolima, o autor do segundo gol contra o Corinthians chegou a ser suspenso do futebol uso de maconha. Já na reta final da carreira, disputa a segunda divisão colombiana pelo Fortaleza.

Danny Santoya (28 anos) – Atacante reserva que saiu do banco para abrir o placar contra o Corinthians, Santoya jogou no México, em El Salvador e teve até uma passagem rápida pelo Irã até assinar em janeiro com o Municipal para disputar o Campeonato Peruano.

Hernán Torres (56 anos) – O treinador, que estava no primeiro trabalho de sua carreira, teve seu resultado mais expressivo em 2012, quando levou o Millonarios ao título colombiano. No ano passado, venceu a segunda divisão com o tradicional América de Cali.


Mais de Cidadãos do Mundo

Revelações: 7 garotos que conquistaram o futebol europeu nesta temporada
Por onde andam os jogadores do Atlético Nacional campeão da Libertadores?
Quarentões da Libertadores jogam na linha e são “donos” de times
Messi se isola na liderança da Chuteira de Ouro; CR7 entra no top 10


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>