Blog do Rafael Reis

Arquivo : jardel

Precisando de zagueiro? 5 beques brasileiros para seu time buscar na Europa
Comentários Comente

Rafael Reis

Seu time está com problemas defensivos e precisará ir ao mercado em busca de reforços para o setor para a disputa do Campeonato Brasileiro, a partir do próximo mês?

Talvez seja legal ele dar uma olhada para o futebol europeu. Afinal, a valorização do zagueiro brasileiro, puxada pelo sucesso internacional de nomes como Thiago Silva e Marquinhos, fez com que muitos deles tentassem a sorte no exterior nos últimos anos. Só que nem todos conseguiram se firmar.

Listamos abaixo cinco zagueiros brasileiros que atuam hoje nos grandes centros da Europa, já demonstraram potencial, mas não vivem o melhor momento de suas carreiras. Até por isso, talvez estejam dispostos para retornar para casa ainda neste ano.

RHODOLFO
30 anos
Besiktas (TUR)

Vendido em 2015 ao futebol turco, o ex-jogador de São Paulo e Grêmio vinha bem no Besiktas até romper o ligamento do joelho, em fevereiro do ano passado. Desde que voltou, não teve sequência na equipe e passou a ser utilizado com frequência apenas em jogos da Copa da Turquia. Apesar de ainda ter um ano de contrato, deve ser liberado para defender outro clube a partir de junho.

DÓRIA
22 anos
Olympique de Marselha (BRA)

O zagueiro revelado pelo Botafogo e que pintou como uma das grandes revelações do futebol brasileiro há três anos já foi emprestado duas vezes (São Paulo e Granada) desde sua contratação pelo Olympique de Marselha, em setembro de 2014. Na atual temporada, começou como titular, chegou a ser testado na lateral esquerda, mas acabou perdendo espaço e virando reserva. Certamente, não está satisfeito com a situação, o que pode facilitar uma transferência.

LEANDRO CASTÁN
30 anos
Torino (ITA)

O ex-jogador do Corinthians ainda tenta retomar a melhor fase de carreira após uma cirurgia no cérebro que o deixou praticamente um ano parado, entre 2014 e 2015. Vinculado à Roma, Leandro Castán está emprestado desde o início da temporada ao Torino. Apesar de ter sido titular durante a maior parte do Campeonato Italiano, o brasileiro perdeu espaço na equipe depois de uma lesão muscular sofrida em janeiro e passou as últimas rodadas no banco de reservas.

ADERLAN SANTOS
27 anos
Valencia (ESP)

Praticamente desconhecido no futebol brasileiro, fez sucesso no futebol português vestindo a camisa do Braga e acabou contratado dois anos atrás pelo Valencia por 9,5 milhões de euros (R$ 31,6 milhões). Após uma boa temporada de estreia na Espanha, Aderlan afundou com a equipe alvinegra nos últimos meses e disputou apenas 12 partidas em 2016/17.

JARDEL
31 anos
Benfica (POR)

Um dos jogadores mais antigos do elenco do Benfica, defende o clube lisboeta desde 2011 e já foi até cotado para defender a seleção portuguesa. Até a temporada passada, formava com Luisão a dupla de zaga titular da equipe encarnada. No entanto, perdeu espaço nos últimos meses e tem disputado apenas partidas menores, válidas das copas nacionais.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Não é só na seleção: Como Paulinho virou “homem-gol” na China
– 7 brasileiros que devem “bombar” na próxima janela de transferências
“Rei das estreias”, Pato enfrenta jejum de gols inédito na China
– Neymar sofre recorde de faltas e é o jogador que mais apanha na Europa


Quem é o brasileiro mais bem classificado na Chuteira de Ouro?
Comentários Comente

Rafael Reis

Sem vencer a Chuteira de Ouro há 15 anos, o futebol brasileiro enfim emplacou um representante entre os 20 maiores artilheiros das ligas nacionais da temporada 2016/17 do futebol europeu.

Com os dois gols marcados na vitória sobre o Arouca, na sexta-feira, o atacante Tiquinho Soares, do Porto, chegou a 16 gols no Campeonato Português e 32 pontos no ranking do prêmio.

O desempenho coloca o brasileiro, que até janeiro defendia o Vitória de Guimarães e vem sendo chamado pela imprensa portuguesa de “novo Hulk”, na 20ª colocação da Chuteira de Ouro, logo atrás do francês Alexandre Lacazette (Lyon) e à frente do astro sueco Zlatan Ibrahimovic (Manchester United).

O último brasileiro a conquistar o prêmio concedido ao artilheiro máximo das ligas nacionais europeias foi Jardel. Em 2002, o ex-centroavante de Vasco, Grêmio e Palmeiras marcou 42 vezes pelo Sporting no Português e levou o troféu para casa.

Na atual temporada, os brasileiros passaram boa parte do tempo fora, inclusive, das 50 primeiras colocações do ranking dos goleadores. Até que Tiquinho chegou ao Porto, emendou seis rodadas consecutivas balançando as redes e colocou o país no top 20.

O atacante, no entanto, ainda tá muito longe de Lionel Messi. Apesar de ter passado em branco contra o Deportivo La Coruña, o argentino do Barcelona continua na liderança do prêmio.

O camisa 10 do clube catalão soma 46 pontos (23 gols), dois a mais que o italiano Andrea Belotti (Torino), o holandês Bas Dost (Sporting) e o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund), seus oponentes mais próximos.

Melhor jogador do mundo e maior vencedor da história do prêmio (2007/08, 2010/11, 2013/14 e 2014/15), Cristiano Ronaldo perdeu seu lugar no top 10. O português do Real Madrid caiu para 13º, com 38 pontos.

O atual vencedor da Chuteira de Ouro é Luis Suárez, do Barcelona, que somou 80 pontos (40 gols) na última temporada. Nesta edição, o uruguaio tem 40 pontos e ocupa o oitavo lugar.

O “Blog do Rafael Reis” publica a cada terça-feira uma nova parcial do prêmio.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 46 pontos (23 gols)
2º – Andrea Belotti (ITA, Torino) – 44 pontos (22 gols)
3º – Bas Dost (HOL, Sporting) – 44 pontos (22 gols)
4º – Pierre-Emerick Aubameyang (GAB, Borussia Dortmund) – 44 pontos (22 gols)
5º – Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) – 42 pontos (21 gols)
6º – Edinson Cavani (URU, Paris Saint-Germain) – 40,5 pontos (27 gols)
7º – Edin Dzeko (BOS, Roma) – 40 pontos (20 gols)
8º – Luis Suárez (URU, Barcelona) – 40 pontos (20 gols)
9º – Mauro Icardi (ARG, Inter de Milão) – 40 pontos (20 gols)
10º – Anthony Modeste (FRA, Colônia) – 38 pontos (19 gols)


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– 5 motivos que fizeram Ganso virar a “última opção” no Sevilla
– Neymar supera Messi e produz 1 gol a cada 47 minutos na Champions
Com ex-São Paulo, Libertadores tem 6 brasileiros em times gringos; conheça
– Brasileiros na China somam 290 partidas e 53 gols pela seleção


Urach e irmã de atacante: conheça 6 affairs brasileiros de CR7
Comentários Comente

Rafael Reis

Último jogador eleito o melhor do mundo e atual campeão europeu com o Real Madrid e a seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo, 31, não faz sucesso apenas dentro de campo e com os fãs de futebol.

O atacante, que atualmente namora a modelo espanhola Georgina Rodríguez, tem uma volumosa e bem diversificada lista de conquistas no currículo.

E CR7 tem uma atração especial por brasileiras. Pelo menos é o que dizem os vários jornais e revistas de Portugal, Inglaterra e Espanha que passaram os últimos 15 anos destrinchando sua vida amorosa.

Listamos abaixo seis brasileiras que já foram apontadas como affairs do craque. A maioria delas jamais foi assumida por Cristiano Ronaldo e até provável que algumas delas jamais de fato tenham se envolvido com o português.

ANDRESSA URACH
Andressa Urach
De acordo com entrevistas dadas por Andressa, ela foi convidada por Cristiano Ronaldo a ter uma tarde de sexo com ele em 2013. A experiência, no entanto, foi decepcionante. Segundo a subcelebridade, o português foi agressivo na cama. Além disso, Andressa disse ter ficado três horas e meia trancada em um quarto de hotel para não ter mais contato com o astro e relatou ter sido ameaçada de morte pelo estafe do jogador para não divulgar o caso para a imprensa.

JORDANA RIBEIRO
Jordana
A irmã do ex-atacante brasileiro Jardel (ex-Grêmio, Vasco e Palmeiras) foi uma das primeiras namoradas do melhor jogador do planeta. O relacionamento aconteceu quando Cristiano Ronaldo tinha apenas 18 anos e ainda era um jovem valor que começava a se destacar no Sporting, clube que o então cunhado também defendia. O caso foi tornado público pelo próprio Jardel, anos mais tarde.

DIANA SATILHO
Diana Satilho
A brasileira se autoproclamou a responsável pelo fim do namoro de Cristiano Ronaldo com a modelo russa Irina Shayk. Em entrevista ao tabloide britânico “The Sun”, em agosto de 2015, Diana afirmou que o português a adicionou no Facebook e sempre pedia para que ela lhe mostrasse os peitos. Segundo a brasileira, o relacionamento virtual acabou se tornando físico mais tarde, o que acabou provocando o fim do romance de CR7 com Irina.

FABÍOLA AGUIAR
Fabiola Aguiar
A professora de zumba radicada em Portugal foi apontada pelo “The Sun” como uma das amantes de Cristiano Ronaldo durante o período em que ele namorou Irina Shayk. De acordo com a publicação britânica, CR7 teve um caso rápido com a brasileira, que é conhecida em Portugal por ter sido cheerleader do Benfica, clube arquirrival do Sporting, onde o astro começou a carreira.

GABRIELA ENDRINGER
Gabriela Endringer
Em 2009, a professora de educação física aproveitou a fama de ter sido apontada pela imprensa portuguesa como affair de Cristiano Ronaldo para protagonizar um ensaio sensual para a revista “FHM” e conceder entrevistas picantes sobre o craque. Em uma delas, Gabriela afirmou que CR7 é carinhoso e gosta de ser dominado na cama.

KARINA BACCHI
Karina Bacchi
Os rumores sobre um possível caso entre o português, então jogador do Manchester United, e a modelo e atriz brasileira começaram em 2007, quando os dois se conheceram durante férias do astro em Miami. Na época, Cristiano Ronaldo era namorado da modelo inglesa Gemma Atkinson. Só que o caso entre CR7 e Karina nunca foi confirmado por nenhuma das partes.


Mais de Cidadãos do Mundo

Suárez e zebra holandesa alcançam Auba e dividem ponta da Chuteira de Ouro
Como um jogador chinês “meia boca” fez história por custar R$ 68 milhões
Abuso sexual, álcool e agressão: conheça o bad boy da Copa Africana
Em crise, City tem piores posse de bola e passe da carreira de Guardiola


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>